JEP 2014 – Alandroal e Évoramonte – RECOMENDAÇÕES

As Jornadas Europeias do Património decorreram conforme o previsto.
Tiveram início no Fórum Transfronteiriço (da responsabilidade de Ricardo Pacífico) com mais de meia centena de participantes e a contribuição de professores de várias universidades – António Borges, António Candeias, Carlos Alho, Teresa Pinheiro-Alves e José Vieira.

NextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnailNextGen ScrollGallery thumbnail
1 ALANDROAL AUTOCARRO EU INICÍO VIAGEM2 ALANDROAL AUTOCARRO HELENA3 ALANDROAL CHEGADA AO FÓRUM4. ALANDROAL CHEGADA5 ALANDROAL PARTICIPANTES FÓRUM5 PRESIDENTE CÂMARA COM SACO DA AHP6 ALANDROAL ABERTURA AHP7 ALANDROAL8 ABERTURA JORNADAS ALANDROAL9 ALANDROA ASSISTÊNCIA10 ALANDROAL CONFERÊNCIA 211 ALANDROAL UNIV ÉVORA13 ASSISTÊNCIA GERAL14 ALANDROAL CASTELO GERAL 315 ALANDROAL CHEGADA AO CASTELO16 ALANDROAL CASTELO TORRE17.1ALANDROAL FACHADA IGREJA17 ALANDROAL VICE PRESIDENTE PADILHA E VEREADORA EXPLICAÇÃO18 ALANDROAL PORTÃO ENTRADA RECINTO19 ALANDROAL VISITA20 JUROMENHA ÀS PORTAS CASTELO20 JUROMENHA VISTA PONTO ALTO21 JUROMENHA INTERIOR22 JUROMENHA A DERROCADA23 JUROMENHA A DECADÊNCIA24 JUROMENHA ASSITÊNCIA25 JUROMENHA AULA CARLOS ALHO ASSISTÊNCIA26 JUROMENHA  EU27 JUROMENHA EXPLICAÇÃO DO lOBO28 JUROMENHA AULA CARLOS ALHO29 JUROMENHA CAPELA 130 JUROMENHA IGREJA ALTANEIRA31 JUROMENHA CAPELA32 JUROMENHA PROMENOR 133 JUROMENHA RUINA COM LAREIRA34 JUROMENHA INTERIOR DA IGREJA 335 JUROMENHA INTERIOR CAPELA36 JUROMENHA INTERIOR 238 JUROMENHA GARDES CADEIA39 JUROMENHA IGREJA E TORRE46 ÉVORA MONTE RECEPÇÃO JUNTA47 ÉVORA MONTE TORRE48 ÉVORA MONTE TORRE 149 ÉVORA MONTE CASTELO 250 ÉVORA MONTE EXPLICAÇÃO JUNTA51 ÉVORA MONTE GALILÉ 252 ÉVORA MONTE IGREJA GALILÉ53 ÉVORA MONTE O CELEIRO54 ÉVORA MONTE PORTAL55 ÉVORA MONTE OBRAS CASA DA CÂMARA 155 ÉVORA MONTE UMA CASA57 ÉVORA MONTE À NOITE58 ALANDROAL INÍCIO DA VIAGEM

Na sessão de abertura a presidente da Câmara, Mariana Chilra, referiu ser o “património monumental do concelho riquíssimo e um gosto receber pessoas que o querem conhecer, estudar e divulgar e para nós é importantíssimo”.
Ouvir Gravação 

Isabel da Veiga Cabral, presidente do Conselho Directivo do Património da AHP- Aldeias Históricas de Portugal, salientou a importância do conjunto monumental do Concelho, que deve ser visto como um marco distintivo. “O património teve o seu passado – um passado histórico glorioso, tem o seu presente, mas tem de ter, necessariamente, futuro”, acrescentou.
Ouvir Gravação 

As actividades foram acompanhadas pelo vice- presidente da Câmara, Daniel Padilha, e a explicação da Fortaleza da Juromenha foi feita por Luís Lobato Faria (Associação Raia Alentejana).

A sessão de encerramento foi realizada em Évora Monte , pela presidente da Junta de Freguesia, Ana Paula Serrano, que conduziu uma visita guiada, tendo a todos impressionado pelo entusiasmo e clareza das explicações.

Fecharam-se as Jornadas com a leitura das seguintes Recomendações ao Governo:

  1. Urge que o governo estabeleça uma estratégia para a cultura que contemple a SALVAGUARDA do Património envolvendo as populações. Restringir o conhecimento e a responsabilidade a um grupo de iniciados, acantonados em instituições, limita a sua eficácia, eleva os custos e alimenta a incompreensão das comunidades.
  2. Importa aproveitar as sinergias das Associações de defesa do Património, envolver mais as escolas e as universidades, cujo programa dos cursos deve privilegiar a salvaguarda do património em detrimento da aprendizagem centrada no novo edificado.
  3. A SALVAGUARDA deve ser entendida e praticada num sentido holístico, em que o humano e o construído se fundem através de acções dinâmicas, que contribuam para o desenvolvimento integrado da sociedade, criando mais justiça social.
  4. É importante lembrar que se aplica ao Património Edificado a Lei de quatro “R” : Restaurar, Reabilitar, Reutilizar  REEDUCAR

Isabel da Veiga Cabral
Presidente do Conselho Directivo do Património

FOTOS: JORNAL RÁDIO CAMPANÁRIO , ANTUNES, CÂMARA MUNICIPAL ALANDROAL, MÁRIO ARTEIRO

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+